quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Hoje a medalha vai para...

Mim,  há pois é! como tinha referido de tarde ia até à praia, até porque  a minha mana está lá de férias e precisava que lhe levasse algo, lá fui depois das 16h, encontrei lugar mesmo em frente ao areal, porque muito boa gente vem embora nas melhores horas da praia, e eu agradeço :-), começo a tirar as trouxas e tal, coloco no chão ligo à mana a dizer que já lá estava para me vir ajudar, pego no pimpolho ao colo e tal e reparo que lhe falta o chapéu, apressada vou ao passeio ver onde tinha caído  e era eu a perguntar Gustavo o péu? e este nada claro está, uma senhora ao passar disse olhe aquele sr que vai ali leva-o na mão! e eu ai o caraças e agora ???!!!, sim porque não era pelo bem material , mas pelo bem do meu filho proteger do Sol, fico irritada com a situação, mas o homem já ia longe, a minha irmã chega e eu não tenho mais nada, pega no Guga que eu já volto, dou corda aos chinelos e 200m apanho o dito cujo com  o chapéu na mão! e digo ouça lá isso é seu? e ele olha para mim com toda a cara de pau de todo tamanho e diz NÃO! e eu tiro-o da mão e disse não lhe serve este! e vim-me embora! isto há cada um...

13 comentários:

  1. E merecias tu mesmo uma medalha! Ele há cada um!!!

    ResponderEliminar
  2. Mas por que raio esse homem queria o chapéu? Meu Deus existem pessoas mesmo parvas...parece que não pensam...
    Estiveste muito bem! E ele como reagiu á tua atitude? ;)

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Ficou olhar tipo palerma, eu juro que não entendo esta gente!!! Está tudo a ficar tolinho só pode :-)

    ResponderEliminar
  4. Provavelmente tinha um netinho a quem o chapéu iria ficar lindamente.
    Bj**

    ResponderEliminar
  5. É preciso ter lata!!!

    Ele há com cada um...

    ResponderEliminar
  6. por amor à santa... para que é que o homem queria o chapéu da criança? Isto hoje vê-se realmente de tudo --'

    ResponderEliminar
  7. Quando vejo algo perdido, nunca lhe mexo, pois acredito que a pessoa que perdeu poderá vir à procura. É pena é que nem toda a gente pense assim.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Selos

Selos